fbpx

3 dicas para uma boa relação entre pais e filhos adultos

Com os anos, a relação entre pais e filhos passa por muitos altos e baixos. A rebeldia da adolescência, as responsabilidades e da vida adulta, as discordâncias… todos esses acabam se somando e muitas vezes resultando numa relação mais distante do que ambos gostariam.

Por isso as dicas de hoje são para os papais que querem manter uma boa relação com os filhos, mesmo depois de grandinhos o suficiente para sair de casa – ou até mesmo melhorar.

Por que as dicas são para os pais e não para os filhos?

Principalmente porque o pai é o indivíduo mais maduro e estável, enquanto o filho ainda está descobrindo o que funciona e o que não funciona no relacionamento, além de ser o grande responsável por lições sobre amor e perdão.

Então abrace a paternidade e se abra para essas pequenas mudanças que podem transformar sua relação.

1 – Nem todo mundo quer um super-herói. 

Ser um super-herói no imaginário do filho pode até ser muito animador enquanto ele ainda é criança, mas à medida que cresce, o que ele realmente quer é sinceridade e contato humano.

Por isso, não dê a impressão de que todas as suas tentativas foram bem-sucedidas e de que você nunca teve sua parcela de fracassos. Ofereça aquela mãozinha e deixe-o saber que você lutou e sobreviveu às dificuldades, e que está comprometido em ajudá-lo a passar por elas também. Isso criará um clima que permite que ele também seja vulnerável, pergunte e desenvolva confiança.

2 – Você não está mais no controle de tudo. 

Manter as crianças nos trilhos requer disciplina e controle, mas a partir do momento que seu filho cresce e assume a responsabilidade (e, principalmente, maturidade) de decidir por si próprio, é preciso abrir mão do controle.

Você não pode obrigá-lo a ter as mesmas crenças, opiniões e posicionamentos, mas conselhos são sempre bem-vindos.

Depois disso você só precisa confiar no seu filho e na criação que deu para ele. Se você fez um bom trabalho, ele terá sabedoria para usar sua autonomia para alcançar o próprio sucesso.

3 – Você também tem muito o que aprender com ele! 

Pais estão acostumados a figurar no topo da cadeia hierárquica, o que pode soar prepotente depois que os filhos precisam de espaço para se comunicar. Por isso, seja humilde ao reconhecer que, seja sobre as novas tecnologias que você não domina tão bem, ou mesmo sobre sabedoria para encarar problemas e frustrações da vida, seu filho tem muito o que te ensinar.

Além disso, ao demonstrar sua admiração e vontade de aprender com ele, você estará capacitando seu filho a liderar, ensinar e aumentar seu legado de sucesso.

Sempre é a data certa para investir em relacionamentos saudáveis com quem nos amamos.
Seja um pai PLENO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *