O Buda veste Jeans!

Meditar é uma técnica que já existe há mais de 5 mil anos. Trata-se de um método que usa como ferramenta básica algum tipo de concentração.

A Meditação se propagou pelo mundo através de tradições religiosas e contemplativas, principalmente o Budismo e o Yoga. No entanto, estas práticas orientais envolvem muitas outras coisas além da meditação.

A Meditação é um patrimônio da humanidade! Disponível para todos.

Desde quando se tem registro histórico do ser humano já temos evidências desta prática. Há indícios de que as pessoas meditavam no Egito antigo a 8-9 mil anos, e está bem documentado que esta prática acontecia no vale dos Vedas há cerca de 5 mil anos.

Assim, a Meditação pode e deve também ser usada fora dos círculos religiosos, por qualquer pessoa disposta e que não tenha alguma grave perturbação psíquica.

Segundo o Aurélio, meditar significa refletir sobre alguma ideia, tratando-se de um processo mental discursivo. Neste dicionário, o termo que corresponderia melhor ao emprego usual da palavra meditação seria contemplação. No entanto, prefiro usar o termo meditação, pois ordinariamente traz o sentido que desejo aqui neste artigo.

Existem evidências consistentes de eficácia do uso desta técnica no tratamento de síndromes Psiquiátricas como a Depressão, Ansiedade e Estresse; na Fibromialgia e outros tipos de dor crônica; benefícios em pacientes oncológicos, melhora na regulação do humor e qualidade de vida. Outras condições também estudadas que mostraram bons resultados foram: Transtornos Alimentares, Disfunções Sexuais, pacientes transplantados, ou com Psoríase, Zumbido e Diabetes tipo 2.

Temos algumas centenas de estudos clínicos bem desenhados, com metodologia confiável, ensaios randomizados, metaanálises, conferindo nível A de evidência científica para a comprovação de eficácia (Pubmed). No entanto, por se tratar de algo relativamente novo para nossa ciência, o entendimento e validação deste método é ainda insipiente, estamos engatinhando. Temos muito a compreender e validar no vasto campo de aplicações da Meditação.

Um interessante estudo, com metodologia bem desenhada, mostrou que os pacientes tratados por Psicoterapeutas treinados em Mindfulness, melhoraram mais que aqueles do grupo controle, tratados por Terapeutas sem o treinamento (Current Medical Diagnosis & Treatment 2011, Fiftieth Edition – p1623). Ou seja, quando você se envolve nesta prática, os benefícios ocorrem também naqueles que precisam da sua ajuda. Veja aqui o que é Mindfulness

 

Se você quer meditar, não precisa de posturas difíceis e dolorosas. A Meditação pode ser praticada num banquinho ou cadeira. Além do mais, você pode exercitar a plena atenção a todo momento e em qualquer lugar, durante o banho, na fila do banco, deitado, andando, comendo, lavando a louça!

Na cadeira do seu escritório, usando gravata ou vestindo um Jeans surrado. Nada daquele cenário piegas na beira de um lago ou num campo florido, corta esta!

Meditar não é sentar e ficar à toa. É um exercício ativo, gasta energia e envolve esforço, bastante esforço.

Ninguém poderá meditar por você!

Se você desejar, na Pleni oferecemos treinamento para a prática de Meditação. 

 

Você Gosta de Desenvolvimento Pessoal?

Conheça o Curso Fortemente

About Bruno Caetano

Dr Bruno Caetano Vieira - CRMMG: 35209 - Graduado em Medicina pela UFU - Residência Médica em Psiquiatria pela UFU - Membro Titular da ABP - Terapeuta Cognitivo-comportamental - Instrutor de Meditação.