fbpx

Obesidade e suas consequências para a mente!

Basta pensarmos nas diversas formas que encontramos de “descontar” nossa ansiedade em nossa relação com a comida para percebermos que o assunto é sério… Para alguns ela se manifesta pela completa abstinência, para outros, compulsão (que muitas vezes causa tanto arrependimento que os leva à bulimia).

Mas aparentemente, a relação inversa também pode prejudicar a saúde: a obesidade pode levar à ansiedade patológica!

A ansiedade é marcada por sintomas psicológicos como preocupação excessiva, medo, apreensão, entre outros e também por sintomas físicos, fadiga, tensão e palpitações. E um recente estudo resolveu averiguar se a obesidade pode ser um fator de risco para transtornos de ansiedade.

Por se tratar de uma doença cada vez mais prevalente, o excesso de peso corporal é estimado como um dos mais importantes contribuintes para o ônus da doença em todo o mundo.

Mas por quê? A discriminação relacionada ao peso e o estigma podem ser profundamente angustiantes para indivíduos obesos. Além disso, o efeito negativo da obesidade na saúde e na qualidade de vida pode ser particularmente estressante.

Prova disso é que, no único estudo que analisou o transtorno de estresse pós-traumático, os autores descobriram que o transtorno estava mais fortemente associado à obesidade em comparação com outros subtipos de ansiedade. A obesidade também estava ligada à fobia social, particularmente em mulheres (já que elas sofrem mais com a descriminação social devido ao peso).

Mas essa não é a única diferenciação entre subgrupos da população, pois as taxas podem variar de acordo com características sociodemográficas, comportamentais e biológicas variáveis.

Um estudo que compilou várias pesquisas, para analisar a relação entre as duas doenças, obteve apenas evidências moderadas que apoiam uma associação fraca, mas positiva, entre ansiedade e obesidade. Resultado que ainda não nos permite afirmar o efeito de causalidade entre a obesidade e transtornos de ansiedade, mas aponta novas perspectivas que merecem estudos de alta qualidade.

Fonte: Gariepy, et al., The association between obesity and anxiety disorders in the population: a systematic review and meta-analysis. International Journal of Obesity volume 34, pages 407–419 (2010)

One thought on “Obesidade e suas consequências para a mente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *