Tolerância: valor para a educação de nossos pequenos cidadãos

Crianças precisam de ferramentas para enfrentar o ódio, o bullying ou mesmo a violência. E o melhor local para começar a ter a compreensão de como lidar com essas situações é em casa.

Aqui vão algumas dicas para os pais e responsáveis:

  • Evite e desmitifique generalizações, como “toda pessoa que comete um crime mora em…”; ao invés disso: “aquela pessoa que cometeu o crime mora em…”.
  • Jamais faça piadas sobre grupos de pessoas que tenham algo em comum, como “então tinha um gordo e um magro, daí…”.
  • Chame atenção para o que as pessoas tem em comum e não para as diferenças entre elas.
  • Estimule seus filhos a participar de grupos de amigos, clubes, trabalhos que tenham um aspecto positivo e de aceitação, não de rejeição de outros grupos.
  • Você pode discutir com seus filhos e desenhar uma linha sobre a tolerância e a intolerância.
  • Fale sobre o que você valoriza e as razões pelas quais você possui esses valores, citando exemplos de preconceitos, por exemplo.
  • A partir de exemplos da sua rotina, envolva-os a descobrir o que eles sabem sobre esses valores e como você e sua família entendem essa importância.

Uma recente pesquisa sugere que as crianças aprendem a se tornar cidadãos socialmente conscientes, assistindo e modelando as crenças e práticas cívicas dos próprios pais. Alguns debates vão aflorar cada dia mais na sociedade e serão mais presentes na vida das crianças e jovens de hoje. Então, como eles vão responder a pessoas que falam abertamente sobre matar outras pessoas por sua religião ou orientação sexual?

Esse tipo de discussão em casa ajuda a preparar os filhos sobre o que eles podem fazer se encontrarem palavras ou ações de extrema agressividade na rua, na escola, no dia a dia.

É bom cultivar a tolerância, promover o bem-estar e não praticar e não concordar com a incitação à violência e a crueldade. Vamos praticar o bem e servir de exemplo, pois isso é essencial a todos e preparam cidadãos melhores ao mundo.

Fonte: https://greatergood.berkeley.edu/article/item/how_to_raise_kids_who_are_more_tolerant_than_you

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *